Turma do Blog - MMA

Para a galera que curte assistir e comentar sobre MMA.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Anthony Johnson bate Andrei Arlovski no WSOF 2; Paulão é derrotado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]



Anthony Johnson estreou neste sábado no peso-pesado, três categorias acima da que ele lutava no UFC, e venceu nada menos do que um ex-campeão do Ultimate, Andrei Arlovski.

Na luta principal do World Series of Fighting 2, realizada em Atlantic City (EUA), Johnson ficou com o triunfo por decisão unânime dos jurados.

A luta foi marcada por uma cena curiosa. Nos segundos finais do primeiro round, Anthony Johnson aplicou dois knockdowns em Andrei Arlovski. A sirene tocou anunciando o fim do período, o árbitro se jogou na frente do americano para evitar que Arlovski recebe mais golpes, e Johnson saiu comemorando achando que tinha vencido o duelo.

Com a situação esclarecida pelo árbitro, Johnson não se deixou abater e a partir do segundo round passou a usar seu forte wrestling. Mesmo tendo sucesso em apenas uma tentativa de queda, passou os dez minutos restantes ameaçando o rival nas grades e tendo leve vantagem também na trocação quando Arlovski conseguia ir para o centro do cage.

À la Cro Cop

No co-evento principal, Marlon Moraes deu um show de trocação contra Tyson Nam. O americano, responsável pela única derrota do campeão dos galos do Bellator, Dudu Dantas, nos últimos três anos e meio, não foi páreo para a velocidade e a força do brasileiro. Depois de estudar bem o adversário, Marlon soltou um chute alto à la Mirko Cro Cop, pegando de raspão na cabeça de Nam, que caiu tonto e virou vítima de um forte ground and pound.

Paulão 'sobrevive' contra Branch


Considerado número 2 do mundo no peso-médio por boa parte na década passada, Paulão Filho não se deu muito bem no seu retorno aos eventos internacionais. Lutando fora do Brasil depois de quase três anos, Paulão ficou bem perto de sofrer o primeiro nocaute na carreira ao receber inúmeros golpes do ground and pound durante praticamente os 15 minutos de luta.

O ex-lutador do Pride mostrou a resistência de sempre e levou o combate até o fim do tempo regulamentar. Entretanto, a decisão dos jurados não deixou dúvidas: todos votaram a favor de Branch, com direito a um 30 a 26.

Nas demais lutas envolvendo brasileiros, Danilo Índio venceu Kris McCray em lua equilibrada. Os jurados deram o triunfo para o brasileiro em decisão dividida. Os outros três atletas tupiniquins sofreram nocautes técnicos - Gesias Cavalcante contra Justin Gaethje e de Igor Gracie contra Richard Patishnock - ou nocaute, caso de Alexandre Pulga diante de Rick Glenn.

Resultados:
Anthony Johnson venceu Andrei Arlovski por decisão unânime
Marlon Moraes veneu Tyson Nam por nocaute técnico aos 2m55s do round 1
David Branch venceu Paulão Filho por decisão unânime (30 a 26, 30 a 27 e 30 a 27)
Josh Burkman venceu Aaron Simpson por nocaute a 3m04s do round 1
Justin Gaethje venceu Gesias Cavalcante por nocaute técnico aos 2m27s do round 1
Danillo Índio venceu Kris McCray por decisão dividida (29 a 28, 28 a 29 e 29 a 28)
Rick Glenn venceu Alexandre Pulga por nocaute a 1m51s o round 3
Waylon Lowe venceu Cameron Dollar por nocaute aos 2m58s do round 1
Richard Patishnock venceu Igor Gracie por nocaute técnico aos 5m do round 1
Ozzy Dugulubgov venceu Chris Wade por decisão unânime (30 a 27, 30 a 27 e 30 a 27)
Brenson Hansen venceu Tom Marcellino por nocaute aos 3m24s do round 2
Bill Algeo venceu Frank Buenafuente por finalização (mata-leão) aos 4m36s do round 2

---------------------------------------------------------

Inacreditável que Johnson lutava nos meio-médios até outro dia. Ele vem enfileirando desde que saiu do UFC e acredito que volte em breve, nos meio-pesados. É uma categoria onde ele pode render bem e fazer bons combates. Tem um tamanho bom pra LHW (1,88m), uma envergadura boa, acho que pode figurar ali no top 10, 15. E o Arlovski, só tempo dirá o peso dessa derrota. Vinha numa sequência boa pós Strikeforce, mas agora vem essa derrota moralmente pra um WW. Acho que o Arlovski ainda teria lugar no UFC tendo em vista Barry, Kongo, Schaub, Mittrione e cia ltda, mas definitivamente o queixo dele não ajuda.

Quanto ao Paulão, não tem muito o que falar. É um cara que só luta pq deve necessitar, mas não tem nenhum condição mais. Ao menos não em eventos com algum nível.

Qto ao Marlon Moraes, quebrou a hype em cima do Tyson Nam, depois que esse nocauteou o Dudu Dantas. Segunda vitória expressiva consecutiva dele.

Ver perfil do usuário
Ja matou tudo, nada a acrescentar!


_________________
Retirado definitivamente do bolão devido a regras ferjianas...
Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum